Publicado por: União das Mães | 02/16/2013

ANO DA MISSÃO – RUMO AO CENTENÁRIO DA ALIANÇA DE AMOR

“Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor nos confiou ao nos chamar e nos escolher”.   Doc. de Aparecida

MISSÃOEVANGELIZAR: VOCAÇÃO E MISSÃO DA IGREJA

O coração da missão está fundamentado no coração missionário de Jesus Cristo. O documento Ad Gentes (Aos Povos) nos diz: “A Igreja peregrina é, por sua natureza, missionária, visto que tem a sua origem, segundo o desígnio de Deus Pai, na «missão» do Filho e do Espírito Santo” (AG, 2). O coração de Cristo na Igreja, a faz missionária por excelência.  

Bento XVI nos recorda queo discípulo, fundamentado assim na rocha da Palavra de Deus, sente-se motivado a levar a Boa Nova da salvação a seus irmãos. Discipulado e missão são como as duas faces da mesma moeda: quando o discípulo está apaixonado por Cristo, não pode deixar de anunciar ao mundo que só Ele nos salva (cf. At 4,12)”.

A MISSÃO DE SCHOENSTATT

MÃE E PKA MISSÃO de Schoenstatt inicia-se no coração do Pe. Kentenich. A grande missão de sua vida: presentear à Igreja um grande movimento de renovação mundial. Schoenstatt é um movimento apostólico, impulsionado por uma forte consciência de missão e orientado para o compromisso evangelizador. Mais ainda, é um movimento apostólico de renovação, que quer animar eficazmente a vida da Igreja, para que esta seja a alma do mundo e edifiquemos juntos uma nova cultura, a Cultura da Aliança. 

Maria, discípula e missionária: Deus confiou-nos a missão de anunciar a Mãe de Deus ao mundo a fim de que Cristo seja colocado novamente no centro da história.

A partir de Schoenstatt, Deus quer irradiar ao mundo as glórias de Maria para que nela, todos encontrem a Jesus, sejam educados segundo a sua imagem e vivam como filhos e missionários.

Santuário de Schoenstatt

SANTUÁRIO DE SCHOENSTATTPossui uma missão de excepcional importância para a Igreja e para o mundo de hoje. Cremos que Deus escolheu o nosso Santuário como oficina especial de educação de homens que Ele necessita em nosso tempo, para salvar o curso da história. Cremos também que o Santuário de Schoenstatt ajudará a salvar a missão de todas as criaturas, no sentido de resgatar para elas sua função e sua dignidade de caminhos e pontes desejados por Deus para o encontro com Ele. A partir de seu Santuário ela atua como a grande educadora. “Quando a Mãe Três Vezes Admirável mora e reina num Santuário, ali não atua somente como Mãe, mas também como auxiliar do Redentor do mundo; quer formar e moldar instrumentos que a ajudem e a Jesus na transformação e conversão dos homens”. (Pe. Kentenich 11.4.1948)

PIRAA maior ação apostólica… Schoenstatt nasceu como um Movimento marcadamente apostólico e assim quer seguir seu caminho pelos séculos. Na escola de nosso Pai e Fundador aprendemos que “a maior obra apostólica que podemos realizar” consiste em fazer fluir as graças do Santuário contribuindo para o Capital de Graças.

 Pe. Kentenich foi o grande missionário que anunciou em toda a parte a MTA e seu santuário. Para ele, a maior ação missionária não é somente anunciar a presença dela no Santuário, mas contribuir com essa missão por meio de nossas ofertas ao Capital de GraçasAs “contribuições” que colocamos nas mãos da Mãe de Deus para enriquecer o seu tesouro de graças são frutos da nossa comunhão com Cristo.

Caminhando com a Igreja – Ano da Fé

Caminhamos rumo ao centenário – Ano Missionário

Em 1985, por ocasião do Centenário de nascimento do Pe. José Kentenich, num discurso do papa João Paulo II à Família de Schoenstatt, ele exortava todos os schoenstatianos a prosseguirem com fé, a caminhada na Aliança de Amor com a Mãe de Deus rumo ao Jubileu de 2014, com as palavras:

… “A vivência fiel e generosa desta Aliança vos conduzirá a uma plena realização da vossa vocação cristã… O amor a Maria deve levar-vos a assimilar e refletir seu exemplo de vida em vossa própria vida. (…) Uma autêntica espiritualidade mariana deve fazer crescer em vós um profundo e sólido amor à Igreja. A vida do vosso fundador é o testemunho desta verdade. Exorto-vos, pois, a redobrar vossos esforços para serdes, onde a Providência vos colocou, instrumentos de Deus para a evangelização da cultura atual e futura dos vossos diferentes povos. A realização desta tarefa exigirá que persevereis na luta cotidiana por encarnar o homem novo e no esforço de prosseguirdes no diálogo filial com o Deus da História, atentos aos sinais dos tempos”…

“Que surja desta renovação fiel à origem, uma Família com claro perfil multicultural e missionário!” Esperamos como graça do Jubileu, uma Família renovada e renovadora na Aliança de Amor, uma Família internacional e interligada, uma Família Missionária que aspira à plenitude da santidade e que em seu atuar dá resposta ao querer de Deus.

Neusa Rocha

Ser como Maria

NOSSO CURSOE nós, Mães da União, como vamos viver esse ano da Missão na caminhada para o grande centenário da Aliança?   Nós todas, filhas de Schoenstatt, como União das Mães, carregamos no peito o amor a Maria. Vivemos em íntima união com Ela, nossa Mãe, Rainha e Educadora, e por isso queremos imitá-la em todas as situações, principalmente como Apóstola e Missionária. Queremos seguir seus passos, seguir seus exemplos, especialmente esse ano em que somos chamadas a sermos ainda mais missionárias.

Esse traço deve ser fortalecido em nossa caminhada ao longo desse ano.   Aprender com sua vida: Ela foi às “pressas” à casa de sua prima Izabel. Logo que chegou, seu ser já anunciava. Também nós devemos ter a “pressa“ de Maria, para irmos ao encontro dos povos, e cheias de amor a ela e à Trindade Santa, devemos, com nosso exemplo, ser portadoras da Luz e anunciar Maria, vivendo a  cultura da Aliança.

 Maria Augusta

Assumindo o papel apostólico e missionário

Diante do avanço da desertificação espiritual, com crescente desvinculação do homem a Deus, somos chamadas a assumir o papel apostólico e missionário, representando um  chamado de Deus a sermos portadoras do desafio como evangelizadoras, assumindo a missão, um elevado ideal servindo aos desejos do Pai, marcado pela íntima vinculação na Aliança de Amor com a Santíssima Virgem, uma devoção que se expressa em nossa semelhança com ela e num laço profundo ao Santuário, fonte de graças, e ao Pai.

Como mães unionistas sentimo-nos chamadas a selarmos o mais alto grau de compromisso apostólico e missionário sem reservas, fortalecendo as virtudes sociais e o respeito ao próximo, especialmente proporcionando a cultura da vinculação a Deus, às pessoas, aos lugares e às ideias.

Nosso compromisso corresponde às necessidades do tempo atual. Com a Mãe queremos renovar o mundo e a sociedade, conduzindo os homens a Deus, comprometendo-nos na luta pela “renovação religiosa-moral do mundo em Cristo”.

Junice Maria

A fé – raiz do ardor missionário 

Quando o Papa Bento XVI proclama como Ano da Fé, justamente o último ano do triênio rumo a 2014, o Ano da Corrente Missionária, é Deus quem coloca o carimbo para indicar a raiz última de todo ardor missionário: a fé!

É pela fé na presença e atuação da Mãe e Rainha de Schoenstatt, em seu Santuário, que Pe. Kentenich e Pozzobon percorreram milhares de quilômetros e sacrificaram tudo para conduzir muitas pessoas ao Santuário e o Santuário para muitas pessoas. A fé é um dom de Deus, um presente (virtude teologal) que recebemos gratuitamente e precisamos desenvolver para que amadureça e se traduza em obras.

Maria Edna

INTERIOR DO SANTUÁRIO

 Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai – Atibaia/SP

Espelhando-nos em Maria

A exemplo de Maria, que foi a primeira missionária, espelhando-nos em suas virtudes, queremos ser portadores de Seu Divino Filho e ser esta luz de Cristo no mundo, levando a cultura da Aliança para os homens para que assim todos sejam colaboradores para a renovação do mundo.

Somente o amor, a unidade entre os homens e a Igreja serão capazes de trazer a paz tão esperada e necessitada por todos. Esta e a nossa missão perante a igreja, perante o movimento de Schoenstatt e nosso ato de amor diante de Deus.

Bertha

Os últimos passos do triênio, na caminhada para 2014, chegam com a força missionária! 

Em todos os países do mundo, onde está um filho de Schoenstatt, a corrente missionária é o bastão que dá segurança para a caminhada rumo ao novo centenário de fundação. Schoenstatt nasce com o anseio missionário de um jovem seminarista, Pe.Kentenich.

A Mãe de Deus foi a grande crente e impregnou o Pe. José Kentenich, nosso Fundador, com sua fé forte e viva. Ela formou sua fé, preparando-o para o 18 de outubro de 1914: a fé que ela havia escolhido Schoenstatt para, a partir dali, presentear Cristo de novo ao mundo.

Nosso Pai e Fundador creu inabalavelmente na missão da Mãe e Rainha em seu santuário: “a partir daqui – do Santuário- a Mãe de Deus quer atrair a si inúmeros corações e dispô-los para Cristo.” Aqui, ela quer formar santos, que gravam a face de Cristo no tempo de hoje, na força da Aliança de Amor!

POZZOBONPozzobon compreendeu e assumiu com fé esta missão. Ele escreve ao Fundador: “Senhor Padre, emprego todo o meu pobre esforço para ser também eu ‘um pequeno pedaço de Schoenstatt’. Meu espírito vive preocupado pela data de fundação 18 de outubro de 1914… Assim (estou) comprometido todos os dias com minha pobre contribuição para o Capital de Graças pelo Reino de Schoenstatt… O que me dá vida e ânimo é recordar aquela data feliz, o 18 de outubro de 1914, e logo todas as outras datas. O pobre João pensa fazer tudo para enriquecer as datas de fundação!”

Suely

JMJ Rio 2013: Missão Tabor 

JMJ

Neste ano de 2013, Ano da Fé, a cidade do Rio de Janeiro de São Sebastião, será a sede da XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no período de 23 a 28 de julho.

Acreditando na capacidade e na força da juventude de evangelizar o mundo, com a ajuda de toda a Igreja, o Beato João Paulo II, deixou esse legado que se repete todos os anos e internacionalmente a cada dois anos, alternando entre os países da Europa e demais continentes.

O lema da Jornada este ano: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19), combina muito com a nação brasileira, fruto de diferentes missões, entre elas, a missão que nosso Pai Fundador nos deixou de sermos Tabor, de levarmos ao mundo a presença de Cristo.

Impulsionados pelo amor a Cristo e seguindo os passos de nosso Pai Fundador, rumo ao Centenário da Aliança de Amor, nos colocamos a serviço da Igreja como missionários na preparação da Jornada Mundial da Juventude.

Ana Priscila

Anunciadoras de Cristo

SÃO PAULOO apóstolo São Paulo nos impulsiona a aceitar e seguir o chamado de Deus, vivendo o nosso batismo. Que a inspiração dele nos ajude a sermos incansáveis anunciadoras do Cristo Ressuscitado.

Pela Aliança de Amor a qual fomos introduzidas em Schoenstatt e como integrantes da União das Mães, possamos também ser anunciadoras dos valores cristãos para que sejam respeitados e reavivados, e assim tenhamos uma sociedade renovada, o tão sonhado mundo novo, esperado pelo nosso Fundador Pe. José Kentenich.

O discípulo, à medida que conhece e ama o seu Senhor, experimenta a necessidade de compartilhar com outros a sua alegria de ser enviado, de ir pelo mundo para anunciar a Jesus Cristo, morto e ressuscitado, e tornar realidade o amor e o serviço na pessoa dos mais necessitados, em uma palavra, a construir o Reino de Deus.”    Doc. de Aparecida

Vania Maria

Fixamos o olhar em Maria e reconhecemos nela a imagem perfeita da discípula missionária. (…) Junto com ela, queremos estar atentos uma vez mais à escuta do Mestre, e ao redor dela, voltarmos a receber com estremecimento o mandato missionário de seu Filho: “Vão e façam discípulos todos os povos”    (Mt 28,19).  Doc. de Aparecida

 

Anúncios

Responses

  1. Quanta inspiração e beleza, nas palavras, no conteúdo, no entusiasmo e na certeza de uma fé recebida como Dom de Deus e vivida com alegria!
    Com Maria, a grande missionária, somos impulsionadas a caminhar, aprendendo em sua escola a alegria de sermos anunciadoras de Cristo para o mundo tão necessitado de paz, alegria, amor…
    Parabéns pela reflexão e testemunho!


Categorias

%d blogueiros gostam disto: