Publicado por: União das Mães | 05/10/2013

MAIO – MÊS DE MARIA

MARIA – A MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE

MARIAMaria, através de seu semblante deixa transparecer a divindade de seu Filho muito amado, Jesus. Ela é a Mãe do puro amor. Maria é promessa e esperança, é ternura e solidariedade, é bondade e amor. É o veículo direto que nos comunica com Seu Filho. É nossa intercessora.

 A ela, confiamos nossas fraquezas, nossos sofrimentos, nossas limitações.   O colo de Maria é maternal. Nele, encontramos abrigo e consolo. Ela nos conforta e nos acalenta. A presença da Virgem Maria em nossas vidas é real. Maria nos guia a cada momento. É mãe cuidadosa e amorosa com seus filhos. Assim, também, devemos ser com nossos filhos, semelhantes à Maria. Tratá-los com carinho sob nossa orientação e cuidados, mesmo que tenhamos que nos esforçar em certas ocasiões.

Devemos ser fiéis à Mãe de Deus, oferecendo-lhe nossas orações, aflições, angústias. Ela deve ter um lugar especial e respeitoso em nossas vidas. Maria não se esquece de nós. Precisamos ser mães como Maria, acalentando nossos filhos, educando-os e amando-os, dentro dos princípios morais, éticos e religiosos. Sejamos mães comprometidas com nossos filhos.  Isso alegrará o coração de Maria.

MARIA – MÃE CELESTE DAS MÃES

MARIA SANTÍSSIMAMaria supervisiona nossa maternidade. Ela é Mãe Celeste das mães. Ela nos abençoa e solidifica nossa fé em seu Filho amado. Com Maria firmamos nosso elo de união com Jesus Cristo seu FILHO.

O profundo mistério de ser Mãe de Deus a coloca numa posição privilegiada na história da salvação, elevando-a acima de todas as criaturas. Porém, não podemos esquecer que sua vida foi de ser humano normal semelhante à nossa, com as devidas diferenças da época. Mas, suas preocupações, seus sofrimentos e seus trabalhos são exatamente como os nossos.

Estamos acostumadas a vê-la nos altares, merecidamente, envolta em vestes douradas, mãos postas, glorificada. Mas, esforcemo-nos para também vê-la de avental, cozinhando e lavando como nós. Nossa relação com Nossa Senhora é uma relação de infinita igualdade e ao mesmo tempo de grandezas diferentes.

Queremos pedir um pouco da sua coragem, para darmos o “SIM” necessário à realização do plano de Deus em nós. O Sim da Virgem Maria a coloca em plena disponibilidade ao Criador. Sem pensar nas consequências, fez a sua entrega, entrega total de prova de amor.

Maria foi o maior exemplo de fé, de certeza, de fidelidade ao Pai. Renuncia sua própria vida de jovem comum e assume o principal papel na História Universal, o de Mãe de Deus. Sejamos como Maria, mães amáveis, mães responsáveis, mães em regime integral!

2º DOMINGO DO MÊS DE MAIO – DIA DAS MÃES

MAMÃE

No 2º domingo do mês de maio, comemoramos o Dia das Mães, o que na verdade, é todo dia. Mãe não tem férias; exerce sua maternidade até o fim.

São Bernardo, devoto mariano, dizia que o coração de Maria Santíssima é como um quadro onde estão pintados todos os atrozes sofrimentos de seu Filho. Para conhecê-los, não é preciso fitar a cruz, basta observar o coração da Mãe Dolorosa. Os espinhos que ferem a cabeça de Jesus, os pregos que transpassam os pés, as mãos, as feridas que lhe cobrem os ombros, os insultos, as angústias, tudo isso está visivelmente esculpido no coração da Santíssima Virgem.

No coração das mães também estão cravados os sofrimentos de seus diletos filhos. Como a Virgem Maria, as mães têm seus sofrimentos e suas dificuldades.

A exemplo de Maria, sejamos mães com docilidade, pacientes, que se põem a serviço, temperando tudo com fartas doses de amor, para exercermos o dom nobre desta linda e especialíssima missão: SER MÃE!

 A União das Mães de Schoenstatt deseja a todas as mães muitas alegrias e felicidades em seu dia e em todos os dias de suas vidas.

PARABÉNS MAMÃE

Anúncios

Responses

  1. Parabéns pela mensagem profunda e rica! Encheu o meu coração de alegria. Que todas as mães permitam que Mãe Três Vezes Admirável e seu Divino Filho venham habitar em seus corações.
    Feliz Dias das Mães!

  2. Mãe presente de Deus em nossas vidas!
    Que Jesus e Maria abençoe todas as mães.
    Abçs

  3. É um privilégio e também vocação ser mãe. Experimentar o amor incondicional. Vivenciar e praticar esta doação aos filhos de uma forma ilimitada e sem tempo de validade. Os filhos serão sempre os nossos” meninos” e as nossas “meninas”. Obrigada, Senhor, por experimentar este verdadeiro amor! Que a exemplo de Maria, saibamos que eles não são nossos, mas que temos o dever de fazer o melhor por eles.
    Com carinho a todas as mães.

  4. “Quando Deus decidiu enviar ao mundo o ser criado a sua imagem e semelhança, escolheu entre as suas criaturas aquelas dotadas das mais variadas virtudes e começou a separá-las: as mais fortes fisicamente, Deus ordenou, serão os homens; às de maior delicadeza e sensibilidade ordenou, serão as mulheres. No entanto, entre esse segundo grupo de criaturas existiam algumas que muito se aproximavam da divindade, a essas Deus ordenou: serão MÃES”.
    PARABÉNS A TODAS AS MÃES, QUE DEUS AS ABENÇOE SEMPRE!


Categorias

%d blogueiros gostam disto: