Publicado por: União das Mães | 05/07/2015

MÃE, MAIOR EXPRESSÃO DO AMOR DE DEUS

Mãe maior amor de Deus

“Eu sou a Mãe do Belo Amor” – (Eclo, 24, 24)

AUNICIAÇÃO 2A história do belo amor tem início na Anunciação.  Maria torna-se a Mãe do Belo Amor. Aquela que o gerou, nutriu, educou e dispensou todos os cuidados maternos, participando efetivamente da missão de seu Filho divino, como cooperadora especial na economia da salvação. Foi discípula de Cristo por excelência e fiel companheira de seu Filho. O amor de Maria embeleza as nossas almas aos olhos de Deus e leva essa amorosa Mãe a nos ter por filhos.

Bem-aventurados aqueles que vivem debaixo da proteção de uma Mãe tão poderosa!

Ao dizer o seu “Fiat”, a humilde serva do Senhor, numa profunda atitude de fé e disponibilidade à vontade divina, realiza o maior e mais decisivo ato de fé na história do mundo.

Karl Rahner afirma: “Num instante, que nunca mais vai desaparecer e que permanece válido para toda a eternidade, a palavra de Maria foi a palavra da humanidade, e o seu ‘SIM’ foi o ‘AMÉM’ de toda a criação ao ‘SIM’ de Deus”.

“É chegada/ a hora da graça,/ a hora da salvação,/ a hora da nova Aliança! A Virgem Imaculada, anunciada por séculos,/ toda imersa em oração,/ renova sua entrega,/ indivisa,/ plena,/ livre/ a seu Deus e Senhor!” Poemas para meditar – Ir. Maria Luiza Grando

MÃES SCHOENSTATIANAS, ESPELHO DA MÃE, RAINHA E SERVA DE DEUS

Mil rosasNeste mês especial dedicado às mães, oferecemos à Rainha de Schoenstatt nossa maternidade como expressão maior de nossas vidas. Na escola de Maria, onde ela própria quer nos educar e nos conduzir, experimentamos, junto a Ela, o mistério do seu Filho. No Santuário descobrimos seu amor maternal e o coração de Deus, mergulhadas na graça do abrigo espiritual.

Como mães da União Apostólica de Mães de Schoenstatt, somos convidadas a configurar nossa vida conforme a sua vida, a ser pequenas discípulas aos cuidados da Mãe de Deus. A Aliança de Amor, selada com ela, impulsiona-nos a segui-la e a sermos instrumentos aptos em suas mãos. Eis a graça especial da fecundidade apostólica em nossas vidas.  Nossa missão se resume em anunciá-la por nosso ser e agir.

Ela caminha com cada mãe e se revela em toda manhã como estrela guia e nos aponta seu Filho para que o amemos cada vez mais e sejamos semelhantes a ela: perita no saber esperar os tempos de Deus. Tempos longos e misteriosos, que não coincidem com a nossa pressa e os nossos projetos, mas ela continua a abrir as portas do Santuário todos os dias e do céu derrama bênçãos maternais sobre a vida de suas consagradas.

Maria, nosso maior modelo de como ser mãe nos dias atuais. Mãe da esperança, que medita sempre no seu coração as promessas e as surpresas de Deus, a familiaridade com o mistério, a certeza e a experiência da fidelidade do Pai.

Educadora por excelência ensina-nos a esperar com confiança e paciência. ‘Nada sem Vós, nada sem nós!‘ Maria consolida em nós, mães, a virtude da fortaleza na fé, que permite enfrentar os perigos e suportar as adversidades. Seu testemunho de vida e seu atual cuidado de Mãe para conosco, coloca cada mãe da União no caminho de fidelidade a Cristo.

MÃE… Símbolo de vida… Aquela que se dedica a gerar, cuidar e proteger a família num permanente exercício de amor.

A União Apostólica de Mães de Schoenstatt, nesta passagem tão especial de homenagens às mães, une-se num gesto de júbilo e aplauso a todas elas.

Recebam com este poema a nossa homenagem!

POEMA

Feliz Dia das Mães

 

Anúncios

Responses

  1. Que mensagem linda e muito profunda…é um texto para se ler, meditar e rezar. Um santo dia das mães a todas da União mas também para aquelas que estão passando por enfermidades ou estão sofrendo com seus filhos.
    Rezemos por todas e que nossa Rainha das Virtudes abençoe a todas.


Categorias

%d blogueiros gostam disto: